sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

uma paciente de linfoma não-hodgkin

Bom, vou começar com um resumo do que eu estou passando no momento, mas logo logo vou vencer :D !
Tenho 22 anos, sempre levei uma vida legal, trabalhava, estudava, fazia faculdade, gostava de umas cervejinhas e era muito mas muito festeira. Mas o ano de 2009 apesar de ter acontecido muitas coisas boas na minha vida, acho que foi o pior ano, não por eu ter descoberto que tenho um cancer, mas por uma grande decepção que tive e guardei muito pra mim, e por uma das pessoas que eu mais amo na minha vida ter partido e a cada dia eu via ele indo, morrendo aos poucos, momentos que nunca vão ser esquecidos, eu indo lá no hospital e no fim ele já não falava mais nada com nada, e quando os orgãos começaram a parar e ele lutava pra ficar vivo dava mais tristeza ainda, aquele dia que já tinha quase parado tudo e eu fui lá carreguei minha prima junto, e a gente disse pra ele o quanto amávamos ele e uma lágrima caiu dos olhos dele, como dói ver uma pessoa partido desse jeito, uma pessoa maravilhosa, mas, que sofreu as conscequencias do passado!
Por isso eu digo pra vocês que estão lendo o meu Blog agora, se cuidem ao máximo, não jogue fora a vida maravilhosa que vocês possuem, nesse momento vocês devem pensar, "capaz que alguma coisa de mal vai acontecer comigo", eu pensava assim, sou jovem, tenho uma vida pela frente, tenho planos pra realizar que eu tenho muita fé que vou conseguir. Não sei se algum momento em me descuidei da minha alimentação, não foi algo que eu notei muito, mas lembro que comecei com uma tosse seca, que nem liguei muito, pensei que foi de uma gripe mal curada, e como eu sempre fui muito relaxada eu deixei passar, continuei com a minha vida, saindo, passando frio nos fins de festas, até que um tempo depois, eu comecei a ficar com muita falta de ar, depois veio umas pontadas no peito, e pra finalizar mesmo, pra eu procurar o médico foi porque levantou uma coisa enorme no meu torax, e dai veio uma batalha de exame, e no raio x mostrou que eu tava com um derrame pleural, tava funcionando só com um pulmão, e pra descobrir a causa desse derrame fiz uma tomografia e não deu outra, o médico disse que eu tava com um Linfoma no mediastino, entre o pulmão e o coração, e que eu ia ter que fazer quimioterapia e se necessário, radioterapia. Que choque eu levei, cai em um choreiro, chegando em casa, já fui jogando no google "linfoma", sim é um tipo de cancer, lembro que no começo eu não podia ouvir essa palavra, Câncer, sim eu tenho um câncer, minha família toda se desabou junto comigo, afinal, perdemos uma pessoa muito importante na nossa família a pouco tempo por causa dessa doença!
Não deu outra, me mandaram pra Florianópolis, fui internada pra tirar o líquido do pulmão do derrame pleural, tirei, já conseguia respirar melhor, depois me internaram denovo e comecei meu tratamento, e sabe, eu sempre fui bem vaidosa com meu cabelo, anos e anos de luzes loiras despencando pelo ralo hehehe, vi meu corpo mudar, mas eu não ligava tanto, eu queria era minha cura, o resto, bom, o resto a gente recupera depois. No começo, eu me pergutava porque aquilo tava acontecendo comigo, mas foi só um pensamento de começo, logo passou, eu vi que eu tava era pensando besteira, são coisas da vida, e eu sou forte o suficiente pra vencer essa batalha, e isso mais do que nunca veio pra me mostrar várias coisas, pra mudar minhas atitudes!
Algumas pessoas se afastaram, talvez porque não são fortes o suficientes pra aguentar uma barra dessas, afinal, barra não é qualquer que segura né?
Não guardo mágoas de ninguém, só levo comigo um grande valor as pessoas que sempre estiveram do meu lado, e que grandes pessoas elas são, meu olho enche só de lembrar o quanto existem pessoas maravilhosas do meu lado!
Eu chorei, eu me senti sozinha algumas vezes, eu me senti muito feia algumas vezes, tive medo de nunca mais me sentir bonita, de nunca mais ser desejada, sentia falta de sair pras festas com minhas amigas, tive medo de não conseguir realizar meus planos e sonhos, senti falta de muita coisa, mas tudo isso só foram fases, logo vinha na minha mente "tá maluca Bi? tu nunca foi de pensar assim!"
Tive dias difíceis, dias de desmaios, enjoos, falta de apetite, cansaços, mas eu não relamava! Eu aprendi muitas coisas com tudo isso, aprendi a dar um grande valor a vida, hoje eu não suporto ouvir as pessoas reclamando da vida, não perco mais meu tempo discutindo por bobagens, se estressando por pouca coisa, aprendi também a demostrar mais os meus sentimentos, afinal, ninguém sabe o dia de amanhã, me sinto muito mais adulta do que muitas pessoas mais velhas que eu!
No hospital eu vi pessoas com muitos mais problemas que eu, vi colegas de quimio morrendo, mas a maioria se curando, e cada pessoa que se cura eu me sinto muita mais perto da minha cura, eu só fico imaginando qual a minha reação do dia que a minha médica vim falar que eu estou curada, falta pouco!
Bom gente, eu quis fazer esse "pequeno resumo", pra vocês verem que isso pode acontecer com qualquer um de vocês, e que um câncer descoberto cedo, tem as maiores chances de cura!
Eu nunca tive tanta vontade de viver como eu tenho hoje!
e quero terminar deixando isso pra vocês: Por mais que a vida lhe coloque obstáculos, NUNCA desista, enfrente tudo com bom humor, fé e esperança, e sempre ALEGRIA DE VIVER, e você será um grande vencedor!

beijos, até logo

25 comentários:

  1. Bi, lindíssimo! Com certeza esse texto me fez ver o quanto a gente se preocupa com coisas pequenas!

    ResponderExcluir
  2. Bibi!vc realmente é uma querreira,uma pessoa maravilhosa.Que Deus te abençoe!bjs

    ResponderExcluir
  3. Bii cara iluminadaaa tu é fodaaaa
    parabenss pelo blog pelas palavras
    lendo isso descubri que não tenho problemas alguma,cada dia te admiro mais!!
    que Deus te abençoe
    beijoo

    ResponderExcluir
  4. eeeee obrigada juninhooo! obrigada por tudo tá?

    ResponderExcluir
  5. sabrina, belas palavras. lendo isso vejo como reclamo de coisas que na verdade deveria agradecer.
    beijo, que deus te abençoe. e ate semestre q vem se voltares pra facul, e vai voltar. beijo

    ResponderExcluir
  6. Bi, que lindo, não sabia do blog, muito legal, me emocionou mesmo, é isso aí minha linda

    ResponderExcluir
  7. Bi, Fiquei emocionada com o q li. Tudo vai se resolver e logo lkogo vc estara boa. Fique com Deus. bjs Carla

    ResponderExcluir
  8. Oi Sabrina...
    bom, primeiramente muito obrigada por esse blog maravilhoso! A pouco tempo minha familia teve um back...foi descoberto que a minha tia caçula(22 anos),está com um linfoma não - hodgkin!sempre foi ótima de saúde, ninguém nunca podia suspeitar de algo assim! eles tem dois filhinhos: uma bebê de 4 meses e um filho de 4 anos! nós somos uma familia de evangélicos, e com essa doença a nossa fé está a prova.. mas a cada dia cremos mais no Senhor e no seu poder e cremos no milagra!a minha tia tá sendo um poço de fortaleza ela nãoi desanima em só minuto e isso é incrivel!salvei o seu depoimento pra mim levar pra ela ver! enfim, obrigada mais uma vez e creia tbm no milagre da vida!um grande beijoo!

    ResponderExcluir
  9. Sabrina,
    Hoje fiquei sabendo que uma irmã teve o diagnóstico de linfoma no mediastino, fiquei desnorteado e aí corri para o google.
    E descorbri seu blog.
    Vc me emocionou com sua sinceridade e grandeza de alma.
    Com certeza, vc tá mais linda do que antes.
    Que Deus te abençoe, te guarde, ilumine e guie seus passos.
    Graças a vc, já não estou tão desnorteado.
    Obrigado.
    Muita luz.

    ResponderExcluir
  10. Olá Sabrina! Hoje descobri o seu Blog e não pude deixar de comentar... Em Março deste anos tb me diagnosticaram Linfoma Não-Hodgkin... quase morri, não queria aceitar que tal coisa me estivesse a acontecer, mas acabei por perceber que só tinha um caminho se queria ficar boa: Encarar a doença de Frente e lutar contra ela com todas as minhas forças, custou muito ver o cabelo cair, custou muito já não ter veias para o tratamento... dores no corpo, na alma e no coração! As lágrimas ganham vida e se soltam sem pedir autorização... mas nós somos mais fortes que isso, temos a ajuda dos tratamentos e por isso eu estou agradecida por tudo!
    Na terça feira passada terminei o 3º ciclo de quimioterapia agora tenho que fazer exames e radioterapia e mal posso esperar para ouvir a médica dizer: Já PASSOU! PROVA SUPERADA!!!

    Querida Sabrina, entendo-te tão bem quando dizes que cresceste... quando tudo agora é tao relativo... No final, quando a tempestade passar, seremos melhores pessoas q saberemos viver e aproveitar melhor cada momento, cada sorriso, cada gargalhada! Seremos e já somos capazes de fazer de um simples jantar, um jantar especial!

    Obrigada por partilhares a tua história!
    Deixo o meu contacto:
    Filipa
    Filipa.vilas@hotmail.com

    Um beijinho enorme!
    Filipa

    ResponderExcluir
  11. Olá Sabribna!

    Bom,o comentário feito no dia 28 de março em anônimo foi o meu!

    Estou voltando a lhe escrever para dizer que minha tia está se recuperando muito rapoidamente, graças a Deus!
    Até os médicos ficam surpresos com a resposta imediata que ela está tendo ao tratamento!
    Mas infelizmente outra pessoa em minha família também está com cancer é de mama!
    Mas continuaremos a usar a nossa fé!

    Um beijo forte e Parabéns pelo blog!

    Karolyne

    ResponderExcluir
  12. Puxa!!!! Que história, hein? Parabéns pela sua força de vontade, sua fé, sua vontade de viver... A vida é maravilhosa, você está coberta de razão. Muitas coisas booooas ainda vão acontecer na sua vida, na nossa vida.
    Graças a Deus nunca passei por nada disso na minha vida, nem na minha família.
    Adorei os comentários do seu pai para você, e de você para ele. Me emocionei muito.
    Deve ser pela falta de ter um pai presente. Vivo mais ausente.
    Muitas felicidades!
    Tudo de bom, continue assim.
    Fique com Deus!

    ResponderExcluir
  13. Parabéns pelo depoimento. São palavras assim que nos dão coragem e força pra lutar e vencer os obstáculos na vida.

    Nunca perca a sua fé!

    Abraço!!

    ResponderExcluir
  14. Lindo texto, perdi meu melhor amigo este ano vitima de um linfoma não hodgkiniano no pulmao... Ele teve derrame pleural mas o hospital nao tomou providencias e ele teve insuficiencias respiratoria...

    ResponderExcluir
  15. parabns,isso e q liçao de vida vc e uma guerreira q nunca perdeu a fe em Deus esse depoimento vai servi de exemplo para meu irmao q esta passando por este mesmo problema,mas ele vai ser vitorioso como vc foi,pq tenho fe em Deus.

    um abraço q DEUS te abençoe cada vez mais.

    ResponderExcluir
  16. Parabéns vc realmente e uma guerreira.pois sei q nao a vitória sem luta e vc venceu um inimigo q nao e mais forte q vc pois ele foi gerado por vc mesma.vc viu como deus e lindo e cuidadoso nas suas obras era o que ele queria de vc.mais respeito pelaa
    vida.estou lhe escrevendo estas coisas pois minha irma esta diagnosticada com um cancer deste. Mas eu creio que a um deus nos ceus e na terra que tudo faz.e sei q este desafio e para q a nossa fe nos tranforme mais fortes . fique com deus
    Marcelo a. Marceloje_@hotmail.com

    ResponderExcluir
  17. Que lindo , meu irmão esta com a mesma doença , eu precisava dessa leitura , ele e muito forte vai vencer essa doença.

    ResponderExcluir
  18. Minha mãe está com Linfoma não hodgkin no abdômen de 6 centímetros to com muito medo pois ainda n saiu o exame que diz específico qual tipo desse Linfoma é. Mas creio em deus que ela vai vencer também. Ass**Thaciana

    ResponderExcluir
  19. Você não é derrotado quando perde, você é derrotado quando desiste!!!

    ResponderExcluir
  20. Você não é derrotado quando perde, você é derrotado quando desiste!!!

    ResponderExcluir
  21. Li cada depoimento e sinceramente não consigo perceber essa cura se tenho Linfoma não hodgkin e a mim me disseram que não havia cura sim existe a quimioterapia mas para se puder ou tentar viver mais um tempo mas cura

    ResponderExcluir
  22. Li cada depoimento e sinceramente não consigo perceber essa cura se tenho Linfoma não hodgkin e a mim me disseram que não havia cura sim existe a quimioterapia mas para se puder ou tentar viver mais um tempo mas cura

    ResponderExcluir
  23. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

Olá! Sejam bem vindos no meu Blog! :)
Se for escrever como anonimo, favor deixar seu nome! :)
Obrigada por comentar.
beijos